Postagens

Mostrando postagens de dezembro 14, 2014

Motorista corta preferencial de Gol na BR-116, em Lages

Imagem
O acidente aconteceu no final da tarde deste domingo (14), na BR-116, próximo ao Hotel Planalto. Três vítimas foram encaminhadas para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, com lesões leves pelo corpo.  A equipe da Auto Pista Planalto Sul, atendeu a ocorrência. Os veículos ficou a cuidado da Polícia Rodoviária Federal (PRF).  De acordo com informações, um condutor acabou cortando a preferencial de outro, e acabou se chocando em cima da BR. Com o impacto, parte da lateral do Gol acabou rasgando.  Já o outro Gol teve a frente completamente destruída.  O local foi diversas vezes sinalizado pela Auto Pista, mas parece que a imprudência de alguns motoristas, não parou para pensar que este local é perigoso.  Inúmeras pessoas perderam suas vidas neste local. E mesmo assim as pessoas não respeitam, e não esperam sequer 10, 20 ou 30 segundos para poder atravessar a BR. O local da acesso ao bairro Bela Vista e Santa Helena.

Jovem de 27 anos é morta a facadas pelo ex-namorado, em Lages

Imagem
O crime aconteceu no bairro Gethal, rua Independência, no pátio do polo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Lages.  Eram por volta das 16h, Karine Abreu de 27 anos, estava dentro do ônibus da Transul, com seu ex-namorado Willian Carvalho de Oliveira de 28 anos, seguindo sentido bairro Gethal.  No ponto de ônibus em frente a instituição de ensino, Abreu e seu ex-namorado, acabaram descendo.  Carvalho, ao perceber que não havia ninguém na rua, acabou puxando Karine pelo braço, e levando-a até o pátio do polo, onde acabou desferindo inúmeros golpes de faca, até a vítima que cair ao chão. Segundo informações, ela foi ferida nos braços, costas, barriga e pescoço.  Ele na última facada, acabou deixando a faca cravada no corpo de Karine, e fugiu às presas do local, segundo moradores, após ouvir gritos.  O corpo foi removido ao Institudo Médio Legal (IML), e logo liberado para família. Não se sabe ainda os motivos desta crueldade tão grande, que acabou aba