Pastor Mendes quer que Transul pare para mulheres descerem fora do ponto de ônibus após as 21 horas

A exemplo do que já ocorre em várias cidades de Santa Catarina e do Brasil, O vereador e Pastor Mendes, solicitou a TRANSUL que  as mulheres que utilizam o transporte público municipal passem a poder descer dos coletivos fora dos pontos, após às 21 horas.

 O Requerimento n° 116/2014 foi aprovado em plenário e enviado na última quarta-feira, dia 26. A medida visa garantir mais segurança às passageiras em horários considerados perigosos.



De acordo com o requerimento, após as 21 horas os condutores dos veículos dos transportes coletivos do município devem parar em qualquer local no trajeto regular da respectiva linha para possibilitar o desembarque de passageiros do sexo feminino, mesmo que nele não tenha ponto de parada regulamentado.

 Para isso, as passageiras devem informar o motorista antecipadamente para descer em locais mais próximos de suas residências.

A TRANSUL deverá afixar adesivo informando o novo beneficio as mulheres passageiras, em local visível, no interior dos veículos, sob risco de penalidades à concessionária que opera o transporte coletivo urbano no Município em casos de negativas a solicitação das passageiras.

Segundo o Vereador Pastor Mendes, o Requerimento foi baseado no pedido de diversas mulheres, usuárias dos serviços de ônibus, diariamente em seu gabinete:


“ algumas paradas são muito distantes, em locais onde a iluminação não é a mais adequada . O objetivo é criar um ambiente mais propício para a integridade física das mulheres, que são as maiores vítimas nas regiões mais distantes”, finalizou o Vereador.

Comentários