Sugestão: Sobre o Terminal Urbano e o Rio Carahá em Lages

Ótimas as colocações de Celso Dalagnol e Rafael Souza, quanto ao aproveitamento do espaço sobre o rio Carahá, no centro da cidade. 

Excelente oportunidade para colocar em discussão, antes de tudo, o deslocamento do Terminal Urbano para cima do rio, resgatando assim a vilipendiada Praça Vidal Ramos Sênior. 
As idéias primordiais são:

- Devolver a Praça Vidal Ramos Sênior ao povo, totalmente ajardinada e arborizada.
- Abortar o projeto de transferência do Terminal para a Praça Joca Neves.

- Facilitar a vida dos moradores do Morro do Posto, usuários do Terminal.

- Ter em mente que as praças devem ser consideradas "santuários" intocáveis, onde só existam o verde, as árvores, as flores, os bancos de jardim, os chafarizes, os espelhos d'água e os monumentos adequados. E nas quais o cimento deva ser restrito aos corredores de passagem dos pedestres.
- As praças pertencem ao povo! Merecem manutenção especial. E não podem ser loteadas e ocupadas por estacionamentos e por prédios públicos e muito menos por prédios comerciais, concedidos a meia dúzia de comerciantes privilegiados.

Há mais de 12 anos eu fiz a presente sugestão à Prefeitura de Lages, conforme o croqui abaixo, que está em minha página www.ghiorzi.org/lages.htm desde o ano de 2006″.


Colaboração: Edson Varela

Comentários

Unknown disse…
Bom dia Biguá. sou lageano más moro em Florianópolis e sempre acompanho as notícias da serra como forma de matar a saudade de casa. Não entro na discussão quanto mudar o terminal para cima do rio por não entender de que forma isso seria viável, más em "devolver" uma praça que está "enterrada" a muitos anos é completamente sem propósito. O espaço que ela ocupa já é mais que suficiente e uma praça existir por existir não trás nenhum benefício para as pessoas. Se existe mesmo a idéia de se tirar o terminal de onde está, o melhor seria construir no local um centro que capacite as pessoas para o mercado de trabalho e traga melhoria nas suas vidas, com um espaço construído para aulas de informática / manutenção de computadores; aulas de inglês / espanhol e outros cursos técnicos. Isso tudo fornecido pela prefeitura. E outro espaço destinado ao lazer, onde os pais possam levar os filhos para andar de patins ou bicicleta, já que nas praças geralmente é proibido esse tipo de atividade. Isso são apenas idéias por que temos que pensar para a frente, por que quem vive de passado é museu.

Att,

Arno