Em atuação de muita raça, Inter derrota o Guarani por 2 a 1 e se isola na liderança do returno‏

O Inter venceu - e saiu de campo aplaudido. Em uma atuação marcada pela raça, o Colorado Lageano, que jogou em casa, derrotou o Guarani de Palhoça por 2 a 1 na noite desta quarta-feira. 

Com a vitória, Internacional chegou a 9 pontos e se isolou na liderança do returno da Série B do Campeonato Catarinense.

O primeiro tempo foi de muita briga pela bola, mas poucas jogadas efetivas de ataque. Um dos poucos lances de perigo ocorreu aos 36 minutos com o centroavante Alê Menezes. O lateral-direito Thoni cruzou para o camisa 9 colorado, que cabeceou. A bola passou muito perto da trave.
O Inter voltou do intervalo mais acelerado - e a disposição redobrada surtiu efeito logo no início da segunda etapa. Aos 4 minutos, o lateral-esquerdo Jefinho fez ótimo cruzamento para Alê Menezes, que cabeceou com precisão, deslocou o goleiro Rodrigo Rocha e abriu o placar.
O segundo gol colorado, marcado de pênalti, foi uma dupla recompensa pelo empenho da equipe na partida. A primeira recompensa foi para Bruno. O volante colorado recuperou a bola no meio-campo, saiu em disparada e passou por quatro adversários. Ele ia marcar um dos gols mais bonitos do campeonato quando foi derrubado pelo goleiro do Guarani.

A cobrança ficou na responsabilidade do atacante Marcelo Quilder - e essa foi a outra redenção do segundo gol colorado. 
Bastante criticado por ter perdido um pênalti no empate por 1 a 1 contra o Blumenau no primeiro turno, Quilder, o jogador de melhor aproveitamento nas cobranças de pênalti nos treinos da equipe, teve segurança para se oferecer mais uma vez para a cobrança. O chute saiu forte, alto, sem a mínima chance de defesa.
O gol do Guarani saiu aos 21 minutos. Felipe Oliveira lançou para Tauã, que bateu de primeira, de dentro da área.
 A bola passou por baixo do goleiro colorado Pablo, que antes tinha tido salvado a equipe em três lances seguidos. 
Se não foi uma partida com grandes jogadas - com exceção da arrancada de Bruno -, ela valeu, muito, pela entrega do Inter, que correu bastante, até o último minuto. A disposição e a doação dos colorados foi reconhecida pela torcida, que aplaudiu o time no fim do jogo.
O Inter volta a entrar em campo apenas no domingo da próxima semana, dia 28, fora de casa, contra o Atlético Tubarão. Nesse período, o técnico Leandro Niehues - que fez apenas seu segundo jogo à frente da equipe - pretende intensificar as atividades com o elenco para poder transmitir sua metodologia de trabalho.

Fotos- Greik Pacheco, Nilton Wolff  e Maurício Neves

Comentários

Unknown disse…
ESSE É O NOSSO LEÃO DA SERRA RUMO A ELITE