Projeto do IFSC levou autonomia e geração de renda à periferia de Lages

O projeto de extensão “Tricotando e Promovendo a Autonomia”, coordenado pela assistente social do Câmpus Lages do IFSC, Eliane Correa Costa, encerrou suas atividades na última quinta-feira (4).

 Foi desenvolvido no bairro Vila Maria, de Lages, em conjunto com o Centro de Direitos Humanos e Cidadania Irmã Jandira Betoni e com as Promotoras Legais Populares, e atendeu mulheres moradoras da periferia da cidade procurando a integração social, melhora da autoestima, autonomia e geração de renda.

O projeto oportunizava aulas de tricô com a professora Nilma Aparecida Chaves, onde as mulheres aprenderam a fazer várias peças como blusas, toucas e cachecóis. As peças serão expostas no Câmpus Lages do IFSC durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), em outubro, e comercializadas em feiras de economia solidária.

“Procuramos fortalecer os laços de solidariedade entre elas e a interação na própria comunidade, estimulando-as a lutarem por melhores condições de vida para si e seus familiares. O projeto foi apenas o impulso inicial nesse ramo do artesanato. 

Agora, elas continuarão a produzir as peças por conta própria, integrando-se à rede de economia solidária da região”, avaliou Eliane.

Além da profissionalização, durante os encontros foram realizadas diversas dinâmicas e discutidos temas como violência de gênero, direitos sociais, modos de autossustentação e geração de renda. 

A execução do projeto contou com o apoio das voluntárias Irdes Lúcia Guadagnin e Maria Odete da Costa, do Centro de Direitos Humanos e Cidadania Irmã Jandira Betoni

“O resultado foi excelente. Integrou as moradoras da comunidade e mudou minha visão sobre o conhecimento. Tanto que já estou fazendo o curso de qualificação profissional em Viveirista de Plantas e Flores no IFSC”, conta Maria Custódia Padilha, 61 anos.

 Ao todo 25 mulheres participaram do projeto, que terá continuidade no Vila Maria e em seis outros bairros de Lages.

Rafael Xavier dos Passos

Comentários