Lages já recebeu 46 mil telhas

Até esta quinta-feira (16), mais de 46 mil telhas chegaram em Lages e estão sendo entregues in loco desde às 7h de quarta. 
“Fizemos compra imediata no Rio Grande do Sul. Adquirimos todo o estoque de telhas de quatro milímetros do Estado gaúcho”, pontua o diretor de Resposta a Desastres de Santa Catarina, James Rides da Silva. 
Uma carga de sete mil, adquiridas em Criciúma (SC), pela Defesa Civil do Estado, deve chegar ainda nesta quinta, levando-se em consideração que, desta quantidade, parte deverá ser destinada a Ponte Alta e São José do Cerrito, atingidos pelo granizo.
Bom Retiro também está recebendo suporte da Defesa Civil estadual, enquanto em Rio Rufino, os efeitos da chuva de granizo estão sendo avaliados. Foram compradas telhas também do Paraná e uma equipe da Defesa Civil do Estado está levantando informações e cotando preços em São Paulo. “A logística de São Paulo possui os produtos e estamos correndo atrás dos lugares onde existem telhas. Nos três Estados do Sul já não têm as peças para nos fornecer”, explica.


Como funciona
A logística tem capacidade de entrega de até 20 mil telhas ao dia, com distribuição para, em média, 500 residências diariamente; 13 equipes de distribuição atendem sete áreas demarcadas no município. O bairro Habitação foi um dos mais atingidos. “A logística montada em Lages não comporta mais que isso. 
Temos uma equipe que faz um pré-cadastro antes, com pré-levantamento, pois é necessário prestar contas de todos estes procedimentos. Uma segunda equipe acompanha o Exército brasileiro, junto aos funcionários das Secretarias do Meio Ambiente, Assistência Social e Educação, na colaboração para entrega”, detalha.

Para esta sexta-feira há a previsão de chegada de 20 mil telhas a Lages. Outras seis mil irão diretamente para municípios vizinhos afetados. Logo no início de cada manhã, por volta das 7h30min, a equipe se reúne na sede da Secretaria do Meio Ambiente e Serviços Públicos, onde foi montada uma central de logística e gerenciamento do trabalho de resposta.
Como proceder
As equipes de distribuição não saem muito cedo porque corre-se o risco de não encontrar moradores em casa ou estarem dormindo. E, se não estiver em casa, pede-se que o cidadão deixe um bilhete com um vizinho (nome completo, RG ou CPG e autorização para o vizinho receber as telhas e assinar a ficha de recebimento) ou um parente, para que seja feita a entrega. As distribuições são dinâmicas, começam às 7h30min e seguem até por volta das 19h.
Prejuízo
De acordo com a previsão da Defesa Civil do Estado, depois da análise das grandes proporções dos efeitos da tempestade de granizo, os prejuízos financeiros já estão próximos a R$ 50 milhões, acumulativos nos âmbitos público e particular. 
“A estimativa é de que dentro de oito a dez dias de trabalho estaremos com a cidade já voltando a sua normalidade. Há pessoas com satisfatórias condições financeiras que estão restabelecendo por si só os seus problemas.
 Isso é uma questão de consciência e de solidariedade com os necessitados de recursos dos governos estadual e federal, haja vista que 30 ou 40 telhas de quatro ou cinco milímetros podem chegar à faixa de R$ 150,00 a R$ 200,00”, revela a equipe da Defesa Civil estadual.
Doações
A Caixa Econômica Federal (CEF) encaminhará para Lages, de forma voluntária, duas carretas de telhas de fibrocimento. Estas doações atenderão entidades, associações, asilos, centros comunitários e organizações as quais a Defesa Civil não pode atender perante a lei.
Kits
Os mil kits de acomodação (cobertor, lençol e fronha); mil kits de higiene pessoal (escova e creme dental, sabonete e xampu), mais mil kits de materiais de limpeza (balde, vassoura, escovão e pano de chão) e os três mil colchões comprados pela Defesa Civil do Estado estão vindo de Chapecó para Lages, de um a dois caminhões por dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ato de covardia tira a vida do DJ Eder Goulart, proprietário da Zafira Lounge

McDonald's em Lages no Garden Shopping

Jovem de 21 anos morre em acidente no Acesso Norte, em Lages