Pular para o conteúdo principal

Telhas estão sendo transportadas de Brusque e Curitiba

Por volta das 17h desta terça-feira (14) devem chegar a Lages, de Curitiba (PR), sete mil telhas de fibrocimento de quatro milímetros, viabilizadas por intermédio da Secretaria de Estado da Defesa Civil. 
No mesmo horário devem chegar outras cinco mil, de Brusque (SC). 
Por volta das 20h chegarão mais oito mil telhas, também de Brusque, totalizando a meta de 20 mil a serem doadas para as famílias vitimadas pelos destelhamentos gerados com a forte chuva de granizo de segunda (13).
A chegada e distribuição de telhas deverão ocorrer até sexta-feira (17). Motoristas de caminhões foram acionados de Chapecó (SC), de onde sairão insumos para serem doados em Lages. “Ainda identificaremos o que será enviado para Lages e aí saberemos o volume do que chegará à cidade”, avisa o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, um dos componentes da central de gerenciamento de danos formada improvisada e emergencialmente na sala de reuniões ao lado do gabinete do prefeito Elizeu Mattos.

Abusos de preços
Elizeu está ciente da prática de preços abusivos por algumas empresas que comercializam lonas e telhas e manifesta repúdio à falta de bom senso e de solidariedade. “Nós condenamos qualquer manifestação de exploração comercial das pessoas que estão com suas casas danificadas. Estes preços superfaturados farão com que o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) seja acionado. Repudiamos qualquer atitude de alguém que queira levar vantagem sobre a tragédia alheia e com certeza serão punidos”, alerta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ato de covardia tira a vida do DJ Eder Goulart, proprietário da Zafira Lounge

Éder era um grande exemplo de empresário, infelizmente um grupo de covardes tirou a vida dele de forma brutal. Era sexta-feira, 7 de setembro, quando o servidor público Eder Antônio dos Anjos Goulart – homônimo do cantor nativista lageano – foi espancado de forma brutal após um desentendimento na frente da casa noturna Zafira Lounge, estabelecimento do qual ele seria sócio. TRAUMATISMO E UTI A partir do espancamento a vítima foi internada em estado grave na UTI do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Sucederam-se alguns procedimentos enquanto familiares e amigos realizavam correntes de oração pela recuperação de Eder Goulart. Uma semana depois, nesta sexta-feira, às 6h30min, ele não resistiu as consequências do traumatismo sofrido e acabou morrendo. Formado em Direito, ele também era servidor do setor de obras da Prefeitura de Lages. Pegamos do perfil do DJ Ederr Goulart (era assim que ele assinava na atividade pela qual era apaixonado) esse registro acima

McDonald's em Lages no Garden Shopping

Na matéria feita pelo Jornal Correio Lageano, diz: Lages terá McDonald's.  A construção estava praticamente parada, mas tomou outro ritmo após o Tenco adquirir o controle do shopping. Na parte de negócios, estão fechados contratos com grandes empresas, que serão as responsáveis por atrair o público :  Renner ,  McDonald’s , Riachuelo, Marisa, Lojas Americanas e Havan. "Vai ter Havan também Barão" - Qual Havan? Aquela que deu no "The New York Times"  Trata-se do novo Shopping Lages Garden, que terá...    5 Lojas âncoras  6 Megalojas  1 Lojas de lazer   140 Lojas satélites   20 Alimentação   2 Restaurantes  16 Lojas de serviços  4 Cinemas  4 salas  Estacionamento 1.350  24 Quiosques   O empreendimento de Lages terá 20,5 mil metros quadrados, sendo que a maioria dos  shoppings  da Tenco vai deste porte até 25 mil metros quadrados. O maior está situado em Betim, em Minas Gerais, com o dobro do tamanho do empreendimento lageano. Este grupo sur

Polícia Civil recebe denúncia de estupro dentro de hospital em Lages

  A Delegacia Regional de Polícia de Lages, na  Serra Catarinense , recebeu uma denúncia sobre um estupro que teria sido cometido por um enfermeiro contra uma paciente internada no Hospital e Maternidade Tereza Ramos (HTMR). O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (23), e a unidade de saúde registrou um boletim de ocorrência. À reportagem da  Rádio Clube de Lages , a mulher relatou que estava internada com uma doença pulmonar. Na noite do caso, o enfermeiro teria agido de forma invasiva durante o atendimento e dado uma medicação diferente à paciente. “Ele perguntou sobre as minhas genitais, coisas que as enfermeiras nunca tinham perguntado para mim. Eu estava de camisola e ele me olhava muito. Não me senti bem e coloquei um calção por baixo da camisola. O último remédio que tomava para dormir, o Diazepam, que era de praxe todos os dias às 22h30min, eram elas que me davam. Nesse dia ele disse para mim, ‘vai ter outro remedinho’, e eu perguntei o porquê de outro medicamento. Ele r