FGTS: Caixa e prefeitura iniciam cadastro no Jones Minossos. Cidadãos estão satisfeitos

O cadastro para a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) iniciou na manhã desta quinta-feira (6) no ginásio de esportes Jones Minosso, no Várzea, e já na primeira hora de trabalho mais de 200 pessoas haviam sido encaminhadas aos postos de atendimento.
 A fila, antes da abertura dos portões do ginásio, era grande, mas com a equipe de mais de cem colaboradores entre funcionários da Caixa Econômica Federal e servidores públicos municipais, a abordagem, triagem, encaminhamento e término do atendimento ao cidadão foram em tempo hábil.
De acordo com o gerente regional da Caixa, Gilberto Onofre da Luz, a distribuição de senhas contribuiu para a eficiência do atendimento. “Adotamos um método de organização que facilitou muito o acesso e treinamos o pessoal exaustivamente para proporcionar mais eficiência ao atendimento. Todas as pessoas ficaram bem acomodadas. Acredito que conseguiremos atender todos dentro do prazo”, afirma.

Tanto a Caixa quanto a prefeitura, segundo ele, estão fazendo o máximo para atender bem a população e o mais rápido possível. “Queremos que antes do Natal todo o recurso esteja liberado para o saque. Conseguimos diminuir o tempo para a liberação para 40 dias, o que normalmente leva 90 dias”, conta.
Prefeitura cede estrutura e pessoal
Segundo o secretário de Assistência Social, José Amarildo Farias, todas as secretarias municipais estão colaborando com a Caixa. 
“Oferecemos toda a infraestrutura, alimentação aos colaboradores, abordagem para os laudos quando necessário, e a Secretaria de Segurança e Ordem Pública com apoio para manter a segurança geral”, diz.
Além da equipe que trabalha diretamente com o cidadão na recepção dos documentos no ginásio, o gerente da Caixa diz que outras cem pessoas estarão na agência do banco para o processamento, pagamento e liberação do recurso. “Quando o atendimento é em massa, é estritamente necessário trabalhar com o maior número de colaboradores possível para agilizar e organizar a prestação do serviço. Com essa velocidade no atendimento acreditamos que em no máximo duas horas após o fechamento dos portões todos sejam atendidos”, declara o gerente regional da Caixa, Gilberto Onofre da Luz.
Procedimento-padrão
O atendimento no Jones Minosso seguirá o mesmo critério que uma agência bancária. Durante todos os 12 dias de atendimento, de 6 a 21 de novembro, salvo os fins de semana, os portões ficarão abertos até às 14h e a partir daí somente quem estiver nas dependências do ginásio é que será atendido. “Este é um procedimento-padrão e já foi adotado em vários municípios como Criciúma, Içara e Araranguá e não tivemos nenhum problema. Ficaremos aqui até que o último atendimento do dia seja efetuado”, Gilberto.
Como preencher o formulário
O formulário para o cadastro do FGTS deve ser preenchido e entregue junto aos demais documentos no momento do cadastro. O gerente da Caixa explica que é necessário preencher somente o primeiro campo do formulário, com a identificação do trabalhador. “O cidadão deve ficar atento às principais informações como nome, endereço, telefone e número de PIS/PASEP (Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e não esquecer de assinar o verso”, explica.

Para maior agilidade no atendimento às pessoas que se esqueceram de levar a cópia de algum documento, algumas máquinas de fotocópias foram disponibilizadas. “Não é necessário preencher mais nada, os demais campos são supridos pela cópia dos documentos”, reitera.
Satisfeitos com o atendimento
Os lageanos chegaram cedo para o primeiro dia de cadastro no Jones Minosso. A expectativa da Caixa Econômica é atender cerca de três mil pessoas por dia. “Com o andamento dos trabalhos nesse ritmo conseguiremos atender a todos sem maiores problemas”, enfatiza o gerente regional da Caixa, Gilberto Onofre da Luz.
O auxiliar de serviços gerais Luiz Carlos Demertini mora no Santa Helena. Ele teve muito prejuízo com a chuva de granizo, mas agora respira aliviado. “Acho que tenho um bom dinheiro para receber. Já reconstruí o telhado da minha casa e espero repor essas despesas”, diz.
A residência da dona de casa e mãe de três filhos Rosimari Vecilosk foi bastante afetada pelo temporal e o telhado ainda está sendo reconstruído. “O pouco que eu tenho na conta vai ajudar muito. Minha casa ficou numa situação bem precária e com a chuvarada dessa semana molhou de novo. Hoje aqui o atendimento foi rápido e tranquilo, agora só esperar a liberação”, afirma.


Jussara Faedo, 57 anos, trabalha como vendedora e mora no bairro Universitário com mais quatro pessoas. Ela afirma que além do seu FGTS contará também com o benefício do genro. “Aquele dia foi aterrorizante, parecia o fim do mundo, mas agora tudo está calmo e as coisas se resolvendo. Eu já arrumei o telhado, mas ainda falta muita coisa e com o dinheiro da minha conta e do meu genro passaremos um Natal mais tranquilo”, relata.
Agenda não será antecipada
O atendimento presencial será feito conforme o calendário já divulgado na imprensa e no portal da internet da prefeitura de Lages, no endereço www.lages.sc.gov.br, sempre respeitando o mês de nascimento de cada pessoa. “Não vamos antecipar a agenda. Cada pessoa deve respeitar o dia de acordo com o mês de nascimento. Porém, a partir de amanhã (sexta-feira) os nascidos nos meses que já passaram e que não puderam comparecer na data prevista, serão atendidos”, finaliza Gilberto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ato de covardia tira a vida do DJ Eder Goulart, proprietário da Zafira Lounge

McDonald's em Lages no Garden Shopping

Jovem de 21 anos morre em acidente no Acesso Norte, em Lages