CCO faz pré-avaliação da Festa do Pinhão 2015

A Comissão Central Organizadora (CCO) da 27ª Festa Nacional do Pinhão já comemora os resultados desta edição. Nos últimos nove dias Lages tornou-se palco de uma das maiores festas de Santa Catarina e do Sul do país e virou o principal destino de turistas que procuram pelo frio, gastronomia típica e tradicionalismo. 
O objetivo da administração municipal, como foi determinado pelo prefeito interino Toni Duarte, era realizar o maior evento possível com o menor investimento de dinheiro público.
Neste sentido, o investimento municipal, além dos recursos de convênio e patrocínios, se limitará a R$ 217 mil, tendo uma pequena variação. Este é o menor valor aplicado na Festa do Pinhão nos últimos 15 anos. Entre os parceiros, o governo do Estado disponibilizou R$ 350 mil, havendo ainda o apoio de instituições público-privadas como o Banco do Brasil e a rede de postos Ipiranga.
Segundo o presidente da CCO, Gilson Maximo de Oliveira, tudo o que está no parque de exposições Conta Dinheiro, hoje, passou pelo crivo da equipe técnica da prefeitura. “O principal ponto foi a festa ter acontecido mesmo havendo inicialmente a insegurança jurídica e o curto período de planejamento e produção”, frisa. “Realizar o evento era o ‘norte’ das ações da prefeitura e, mesmo com a correria, apresentamos ao lageano e ao turista uma grande estrutura”, relata.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ato de covardia tira a vida do DJ Eder Goulart, proprietário da Zafira Lounge

McDonald's em Lages no Garden Shopping

Jovem de 21 anos morre em acidente no Acesso Norte, em Lages