Não temos time lageano, quando temos a Prefeitura não valoriza

Basquete de Lages passa vexame na noite desta quarta-feira (2), no ginásio Jones Minoso, em Lages. 

O jogo era válido pela 5ª rodada do Campeonato Catarinense de Basquetebol.

O time de Lages jogaria contra o time de Rio do Sul, mas acabou perdendo por W.O, pois as condições do ginásio não eram favoráveis para liberar a partida.

Falta de som e segurança fez com que o time lageano perdesse o jogo. A equipe e comissão técnica do time alegam falta de administração do ginásio.

O principal alvo da equipe técnica e dos torcedores foi o Superintendente da Fundação Municipal de Esporte, José Maximiliano Capela. Nos jogos anteriores em casa, tudo estava em ordem, mas nesta partida não.

 Segundo informações, Capela alterou a voz contra um dos principais ícones do basquete lageano, Vierão, onde mencionou que a responsabilidade seria da equipe e não da fundação.
Segundo a equipe, a prefeitura se prontificou a apoiar o time nos jogos em casa, dando total apoio, mas neste jogo isso não ocorreu. Em 22 anos de basquete, a Associação de Pais e Amigos do Basquete de Lages (APABLA) perde pela primeira vez por W.O em casa.


O que é W.O
W.O. ou Walkover (em inglês) é a atribuição de uma vitória a uma equipe ou competidor quando a equipe adversária está impossibilitada de competir. Isto pode acontecer devido a não existência de um número mínimo de esportistas necessários para uma partida, desqualificação, não-apresentação de uma equipe na data e hora estabelecidos, entre outros.

Comentários