Pular para o conteúdo principal

Jovem é atingida com um tiro na cabeça após veículo avançar barreira policial

O fato aconteceu na Avenida Presidente Vargas, na noite deste domingo (18), por volta das 22h.


 De acordo com informações, o condutor do veículo Gol placas de Lages de 81 anos, avançou uma blitz que estava montada próximo ao Strike Boliche e atropelou uma policial que fazia parte da guarnição no momento.

 Com o acontecido, um disparo foi efetuado por um policial, que segundo informações é marido da policial atingida pelo veículo. 

A mesma teve ferimentos no quadril, e foi encaminhada para o hospital.


O disparo acidentalmente atingiu uma jovem que estava na calçada, em frente a uma conveniência de bebidas. A jovem imediatamente recebeu os primeiros socorros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

A vítima foi encaminhada em estado grave com suspeita de traumatismo craniano, até o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. 

Não se tem ainda a confirmação dos nomes dos envolvidos. A perícia esteve no local, e dentro de alguns dias saíra as informações concretas do caso.

Franciele Rodrigues, é o nome da vítima que foi atingida pela arma de fogo.
Estaremos atualizando a informações, fiquem ligados.

A jovem Franciele da Silva Rodrigues, está internada em estado gravíssimo  no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, já com morte encefálica. 




Comentários

Anônimo disse…
E agora o será feito? e o despreparo da polícia? Uma vida se foi! Precisava? E qual sera a atitude das autoridades?
Anônimo disse…
Polícia Militar incompetente e despreparada!!! Aonde já se viu fazer um disparo em uma via pública que circulam diversas pessoas. Mais uma mulher entra para a triste estatística da violência aqui em Lages. Quem deveria ajudar a proteger, agora também mata. Esperamos que haja justiça!!
Anônimo disse…
E o cara do gol?? A policial também é vítima. Pra mim o motorusta do gol cometeu uma tentativa de homicídio. O disparo foi uma tentativa para parar o motorista. O acontecimento foi uma fatalidade.
Unknown disse…
a mulher do policial ta viva e a guria qui ele mato ????? não vai acontece nada por que a policia do brasil e uma bosta mesmo só prende inocente .
Anônimo disse…
Tem mais gente precisando de um tiro na cabeça.
Anônimo disse…
Gente que absurdo! E no carro um Sr. de 81 anos que dirigia, sendo que o motivo mais provável por ter fugido da blitz, seria documentação do veículo atrasada, ou CNH vencida. Meus Deus, policiais totalmente despreparados, que querem a qualquer custo provarem o quanto estão no "poder". Mesmo vendo a esposa ser atropelada, nada justifica tal atitude. Lamentável, infelizmente!
Anônimo disse…
Ninguém sabe ao certo o que houve. Não vejo despreparo nenhum. Uma pessoa passa uma barreira policial e atropela a esposa do cara. Qual seria a reação de qualquer ser humano?? Julgar é muito fácil qdo não se está na pele e no momento. Quem detona a polícia é a própria população. Maus profissionais existem em todas as áreas, todas!!!
Anônimo disse…
Cade o treino desse policial, tirou a vida de uma pessoa totalmente inocente, sera que ele não poderia ter agiado de outra forma?? Pq se fazem tantos cursos de tiro, defesa pessoal pra chegar na hora e o policial estrar despreparado. quando nós precisamos mesmo da policia em caso de assalto e acidente, eles vem de re pra não chegar nunca.
Anônimo disse…
Primeiramente que o policial (se é assim que podemos chamar) nem devia estar trabalhando na mesma ação que sua própria esposa.
Segundo, quando falamos de policiais e bombeiros, os mesmo devem primeiro buscar a segurança e salvar a vida das pessoas que não fazem parte da organização, para depois cuidar do seu bem estar.
Terceiro, fazer um disparo em uma via pública? Baita falta de preparação, devido a incompetência do indivíduo mais uma vida se vai, esse é nosso país, nossa Lages.
Grande falta de preparação, no mínimo, QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA!!
waldemiro zimmermann disse…
Porque se identificar como anonimo, tem medo de que,quem se identifica como anonimo e faz criticas destrutivas que é caso em questão, não se pode levar em consideração e deve ser desconsiderado,
Criticar é fácil, porem antes de criticar, se coloca no lugar das partes envolvidas, e quem é você pra julgar alguém.
Infelizmente ocorreu uma tragédia ocorreu sim, tenho a plena convicção que sera esclarecido e os culpados serão condenados.
Unknown disse…
Que fatalidade, mas o real culpado é o motorista que tentou escapar, e a policial que foi atropelada? ela em serviço não é um ser humano também? o policial agiu tentando não deixar escapar o senhor que tinha acabado de atropelar sua esposa? errou? e se fosse você? a polícia é incompetente beleza, então quando precisar, não liguem pra ela se virem sozinhos
Unknown disse…
Que fatalidade, mas o real culpado é o motorista que tentou escapar, e a policial que foi atropelada? ela em serviço não é um ser humano também? o policial agiu tentando não deixar escapar o senhor que tinha acabado de atropelar sua esposa? errou? e se fosse você? a polícia é incompetente beleza, então quando precisar, não liguem pra ela se virem sozinhos
Unknown disse…
Que fatalidade, mas o real culpado é o motorista que tentou escapar, e a policial que foi atropelada? ela em serviço não é um ser humano também? o policial agiu tentando não deixar escapar o senhor que tinha acabado de atropelar sua esposa? errou? e se fosse você? a polícia é incompetente beleza, então quando precisar, não liguem pra ela se virem sozinhos
Anônimo disse…
Não sei se procede a informação, mas por razões como esta, que deve haver bom senso de não deixar familiares (pais e filhos, marido e mulher, irmãos), trabalhando junto...Quando a situação envolve um familiar, no caso da policial atropelada, é difícil manter a calma e o profissionalismo.Não sei se conseguiria manter o equilíbrio também, vendo um ente querido ser atropelado...Do vagabundo que atropelou e fugiu, ninguém sequer lembra, parece que é normal...
Anônimo disse…
Não vem ao caso agora julgar o que poderia ter sido feito, o fato e a fatalidade ocorreram e ponto.
Cabe discutir ações para prevenir que o mesmo fato não volte a acontecer.
Mas uma coisa é inadimissível e deveria ser adotada pela PM assim como já em em muitas outras empresas e orgãos. Marido e Mulher, Noivos, ou Namorados não deveriam trabalhar juntos, com toda certeza a ação desse policial foi impactada pela emoção ao ver sua esposa ser atropelada. Talvez se fosse com outro policial, ou em outras circunstancias, esse disparo e essa fatalidade poderiam ter sido evitados. Até porque o veiculo avançou mas logo parou, e não saiu em disparada efetuando fuga.
Sou totalmente contra parentes trabalharem junto neste caso em ações policiais.
Anônimo disse…
Quem reclama publica como "Anônimo", por quê?
Você, armado, andando na rua com sua companheira de trabalho, ou uma amiga e vê que um carro parte para cima dela, o que você faz? Não tem como ter certeza se o carro vai causa apenas ferimentos ou matar, então antes que aconteça, saca-se a arma e dispara contra o carro, e tem que ser rápido antes que aconteça.
Despreparo do policial? Como quer que seja o treinamento deles? Pegar um carro e jogar contra eles para ver se eles conseguem acertar o carro, pneu do carro ou motorista antes que sejam atropelados? Fatalidades acontecem.

Não vejo culpado nenhum além do motorista do Gol.
Tudo isso é devido o exesso d blitz na cidade... onde toda hora vc passa por uma blitz. Pq isso?
Anônimo disse…
Concordo em gênero, número e grau... o que têm de policiais despreparados, tecnicamente e moralmente (...)
Klaudio H. disse…
Tragédia por um simples Sr IDOSO avançar a blitz.
Anônimo disse…
Criticar é fácil, se acham que foi despreparo? tenho certeza que não, foi extinto de policial, 95% dessa população medrioce e burra de lages nunca precisou da policia, no dia que acontecer um fato que necessite dos mesmo vão fazer o que? ligar pro batman? deixem de serem ignorantes, a policia esta no legitimo dever da função e pode atirar sim, infelizmente uma vida foi tirada, ninguém gostaria
Anônimo disse…
Porque você ta julgando um departamento inteiro por burrice de uma pessoa? Você é tão ignorante assim? Quantas vezes morreu um policial honesto tentando defender sua vida inútil para que nem respeito ele ganhara, proxima vez que precisar chama o Batman que talvez te ajude mais.
Anônimo disse…
Mirar em um carro e acertar na cabeça de uma pessoa não é despreparo?fato!
Anônimo disse…
culpado é o motorista do gol.
ddd disse…
isso se chama falta de competência é claro que quando um casal trabalha junto se algo acontece com o um dos dois o outro perde a noção e o controle não importa quem ele vai atingir fica Cego ISSO é inevitável esse realmente não serve para ser um policial E acho também que aquele senhor de 80 anos não teve culpa pois pelas imagens da pre ver que a luz alta tirou a visão total do motorista.PRA QUE ATIRAR SE NUM CASO DESSE SE TEM ATÉ HELICÓPTERO, MAS NESSE CASO NEM IA SER PRECISO POIS O MOTORISTA SE PERDEU
Anônimo disse…
concordo com vc, tirando o fato de que nenhuma vida foi tirada, um acidente aconteceu, vamos pedir a Deus pela recuperação de todos, inclusive do Policial envolvido!

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA DO PREFEITO ANTÔNIO CERON

  ANTONIO CERON ,  por meio de sua defesa vem apresentar  NOTA à Imprensa  para prestar os seguintes esclarecimentos quanto à Denúncia que foi movida pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina . Cabe registrar ,  desde logo ,  que o senhor Antônio Ceron, Prefeito do  distinto  Município de Lages, conta com quase 4 décadas de vida pública, tendo exercido  4 mandatos parlamentares (deputado estadual), ocupado cargos no Executivo Estadual e 2 vezes alçado por voto popular à chefia do Executivo Municipal de Lages. Em todo esse período nunca respondeu ação penal alguma, nunca teve suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado.  Em outras palavras,  sua postura e atuação pública sempre foi conduzida de modo transparente e ilibado . É de extrema relevância apontar que os contratos objetos das investigações judiciai s continuam vigentes (com o aval do próprio MPSC), foram e continuam sendo auditados pelos órgãos de fiscalização ( Câmara Municipal de Lages,  TCE/SC e MPSC),

PROGRAMAÇÃO DO RECANTO DO PINHÃO

  No dia 1º de junho, quinta-feira, a partir das 19h30, no calçadão da Praça João Costa acontecerá a abertura oficial da 33ª Festa Nacional do Pinhão. A atração musical da noite será com o grupo Os 4 Gaudérios.  Veja a programação do Recanto do Pinhão Aracy Paim 2023: Dia 1º, quinta-feira:  18h – Douglas Moraes 19h – Abertura Oficial Festa Nacional do Pinhão e Recanto do Pinhão 19h30 – OS 4 GAUDÉRIOS   Dia 2, sexta-feira: 11h – Guilherme Garcia 15h – Coral Vozes da Liberdade 16h – Alcione e Léo 17h – Boteco do Laurindo  Show 18h – Marina Gomes 19h30 – Léo Moraes e Grupo Gaúcho   Dia 3, sábado: 10h – Jornal do Almoço – NSC TV 14h – Grupo Querência Militar 15h – Grupo Embalo Fandangueiro 16h – Edson Augusto 17h – Grupo Baitaço 18h – Banda Anjos de Plantão 19h30 – Grupo Modaço   Dia 4, domingo:        11h – Boteco Resenha 14h – Willian Oliver 15h – Rogério Blum 16h – Musical Raízes Sertaneja 17h – Luis Bastos 18h – Leandro Marx 19h30 – Grupo Tchê Loko   Dia 5, segunda-feira: 16h – Matheus

Polícia Civil recebe denúncia de estupro dentro de hospital em Lages

  A Delegacia Regional de Polícia de Lages, na  Serra Catarinense , recebeu uma denúncia sobre um estupro que teria sido cometido por um enfermeiro contra uma paciente internada no Hospital e Maternidade Tereza Ramos (HTMR). O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (23), e a unidade de saúde registrou um boletim de ocorrência. À reportagem da  Rádio Clube de Lages , a mulher relatou que estava internada com uma doença pulmonar. Na noite do caso, o enfermeiro teria agido de forma invasiva durante o atendimento e dado uma medicação diferente à paciente. “Ele perguntou sobre as minhas genitais, coisas que as enfermeiras nunca tinham perguntado para mim. Eu estava de camisola e ele me olhava muito. Não me senti bem e coloquei um calção por baixo da camisola. O último remédio que tomava para dormir, o Diazepam, que era de praxe todos os dias às 22h30min, eram elas que me davam. Nesse dia ele disse para mim, ‘vai ter outro remedinho’, e eu perguntei o porquê de outro medicamento. Ele r