Festa do Pinhão tem 90% dos boxes de alimentação vendidos

O sucesso da 27ª Festa Nacional do Pinhão continua surtindo resultados. Um deles está na comercialização dos boxes de alimentação. O responsável pelas vendas, Celso Estevan da Silva, diretor da Art Grupo, afirma que todos os comerciantes que participaram no ano passado renovaram os contratos e devem estar presentes na edição de 2016. A boa notícia é que dos 90% dos espaços comercializados, 70% deles são de empresários lageanos e oferecerão o melhor da comida típica serrana.

Serão cerca de quarenta pontos de alimentação espalhados pelo Parque de Exposições Conta Dinheiro. A diferença é que neste ano todos os pontos serão padronizados com visual novo e mais atrativo. “Queremos deixar a festa ainda mais bonita. A padronização da identidade visual deve facilitar o acesso do turista aos boxes, além de ficar visualmente mais limpo”, explica.
Todos os boxes serão identificados com a logomarca da festa e terão a mesma estrutura física.  Além dos tradicionais boxes, uma cafeteria, um espaço fechado com melhor acomodação ao turista, oferecerá alimentos mais quentes para aquecer as noites geladas de festa. Na pista de shows nacionais haverá uma tenda montada bem no centro para comercialização de bebidas.
Sem venda de “capeta” e “bugio”
O diretor da Gaby Produções, Beto Ody, confirma que neste ano não haverá a venda da bebidas popularmente conhecidas por “capeta e bugio” . “A redução destes produtos dentro parque ocorrida no ano passado diminuiu em 40% o número de atendimentos por embriaguez na unidade de saúde instalada no evento. Essa medida foi positiva, por isso, resolvemos extinguir essas bebidas da festa”. As concessões temporárias serão fiscalizadas e a presença desse tipo de bebida acarretará no fechamento imediato do ponto infrator, conclui Beto Ody.

Comentários