Briga após balada deixam vizinhos enfurecidos, na Avenida Marechal Floriano

O Corpo de Bombeiros Militar, atendeu na madrugada deste domingo (3), na Avenida Marechal Floriano, uma briga entre os clientes da boate. 


Os jovens foram expulso da festa após uma briga na parte interna, e terminaram na parte de fora, deixando os vizinhos enfurecidos com a bagunça e "gritaria" de ambos. Ao chegar no local a reportagem foi abordada e anotou alguns relatos dos moradores. 

"Nada é feito para acabar com isso. Todo o final de semana tem  essa "barulheira". Disse o morador. Os militares encaminharam para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres um jovem com vários hematomas na cabeça. A polícia foi até o local para controlar.


Comentários

MARCOS ON disse…
lamentável esses bar e botecos na nossa cidade,aqui no meu bairro nos final de semana,perturbam as pessoas doentes,idosos com som alto gritaria,chamamos a policia ela vem falam com eles mas não respeitam e a baderna continua..de que vale a lei da perturbação do sossego se não respeitam,,mas temos certeza que logo esse pais vai valer a lei..
Anônimo disse…
O jovem que foi agredido estava fora de sí, amaçou a lataria de um carro que estava estacionado ali na frente e lá dentro passava a mão em gurias sem o mínimo de respeito. Outros jovens se deparando com a cena, o expulsaram da festa. Lá fora ele tentou agarrar outra menina a força, isso causou revolta, e foi onde houve a maior parte da confusão. Lamentável.