Conselhos de Nutricionistas promovem ações em Lages‏

As ações realizadas pelos Conselhos Regionais e Conselho Federal de Nutricionistas em comemoração à passagem do dia da Saúde e Nutrição, 31/03 e dia Mundial da Saúde, 07/04 têm por objetivo orientar e alertar a população sobre as diferenças entre alimentos processados e ultraprocessados, os cuidados com o consumo diário e os danos que eles acarretam à saúde.



As cidades de Florianópolis e Videira já receberam o público no último sábado, 31/03, e os próximos eventos acontecerão em Blumenau das 8h às 16h, na Praça Dr. Blumenau, centro e Lages, das 9h às 17h, na Praça Leoberto Leal (em frente à Vigilância Epdemiológica). Na cidade de Lages as ações serão promovidas juntamente com a Prefeitura Municipal.

Além do bate-papo com a população, outras atividades como distribuição de mudas de árvores, sugestão de receitas naturais, orientação sobre horta caseira, distribuição de material informativo e dietas para pacientes com diabetes, além de cálculo de IMC, aferição de Pressão arterial e HGT (glicemia) serão oferecidas nos lociais. As pessoas que participarem das ações receberão um marcador de página com o Guia Alimentar Brasileiro.
Com a atualização do Guia Alimentar Para a População Brasileira em 2015, os termos alimentos processados e ultraprocessados ficaram em evidência, já que a orientação repassada é que evitemos ao máximo estes tipos de alimentos, dando preferência aos chamados in natura ou minimamente processados.

Segundo a nutricionista e Coordenadora da Comissão de Comunicação do Conselho Regional de Nutricionistas, Fabiane Miranda Lima, esta recomendação ocorre porque os alimentos ultraprocessados são aqueles que além do alimento principal de origem, contêm cinco ou mais ingredientes em sua composição como açúcares e gorduras até químicos, que vão dar cor, cheiro e conservar o alimento.

Compreendendo as diferenças básicas entre estes tipos de alimentos é possível repensar a qualidade de vida que se pretende ter e o que pode ser evitado ao diminuir ou evitar a ingestão deles: “O consumo diário destes ingredientes e químicos podem trazer uma série de problemas ao organismo e favorecer doenças como diabetes, doenças cardíacas, câncer e deficiências nutricionais”, ressalta a nutricionista.

Para entender melhor, Fabiane dá uma explicação clara dos três tipos de alimentos: “Podemos pensar no exemplo do abacaxi: o abacaxi fruta seria o alimento in natura; o abacaxi em calda seria o alimento que já foi processado e o suco em caixinha, sabor abacaxi, é o ultraprocessado. Temos a fruta in natura na primeira situação, na segunda, temos o abacaxi em calda que teve adicionados açúcar e água, talvez algum conservante, mas o açúcar neste caso, já seria o conservador e no suco em caixinha há mais de cinco ingredientes que vão dar cor, sabor, estabilidade, e contém pouco do alimento in natura”, conclui.

A segunda fase da campanha do CRN que tem como lema a frase: “Alimentação saudável e adequada: um conselho para toda vida”, vem para reforçar a ideia de que pequenas mudanças geram grandes resultados e é direcionada para o cuidado de hábitos alimentares garantindo a saúde e o bem-estar das pessoas.
Informações adicionais
O quê Ação do CRN e CFN em comemoração ao Dia da Saúde e Nutrição e Dia Mundial da Saúde.

Ações CRN10 Lages: A Nutricionista Veralba da Graça Souza, integrante do Conselho Regional de Nutricionitas estará orientando a população sobre alimentos processados e
ultraprocessados – frutas, verduras, legumes e embalagens de alimentos servirão de exemplo para explicar o conteúdo nutricional de cada um.

 A Nutricionista Valeska Costa irá demonstrar como fazer a compostagem domiciliar. O Professor Doutor em Agronomia Denis Goss estará entregando mudas de árvores e plantas à população e a Coordenadora do curso de Nutrição da UNIFACVEST, Mestre Glória Menezes, estará com suas alunas também conversando com as pessoas sobre hábitos alimentares.

Comentários