Mais um dia de Festa Nacional do Pinhão, e fotos no Backstage Prime

Chegou a época do ano mais movimentada e lucrativa para a Serra Catarinense. Desta quarta-feira, dia 25, até o próximo domingo, 29, milhares de turistas vão lotar a região mais fria do Brasil. Duas são as principais razões para essa invasão: o feriado prolongado de Corpus Christi, que proporciona quatro dias de merecida folga; e a 28ª Festa Nacional do Pinhão, um dos maiores e mais tradicionais eventos do Sul do país.
A rede hoteleira de Lages conta atualmente com 3,6 mil leitos, incluindo os hotéis fazenda e pousadas rurais. Durante o feriadão, a média de ocupação deve ficar em 95%. Porém, os estabelecimentos mais sofisticados e, consequentemente, mais caros, são justamente os que já lotaram e não têm mais vagas.
“A permanência média dos turistas é de dois dias na cidade. O impacto econômico causado pela festa em Lages é de R$ 20 milhões, sendo R$ 8 milhões só com hospedagem, incluindo as pousadas alternativas”, diz a turismóloga Ana Vieira, da secretaria municipal de Turismo.

































Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ato de covardia tira a vida do DJ Eder Goulart, proprietário da Zafira Lounge

McDonald's em Lages no Garden Shopping

Anunciados os shows tradicionalistas da 32ª Festa Nacional do Pinhão