Com revitalização em 95%, Sesc já planeja ocupação do Colégio Rosa, em Lages

Vida nova a um dos principais símbolos da história de Lages. Com 95% da revitalização concluída, a ocupação do Colégio Rosa, no centro da cidade, já começou a ser planejada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc). Técnicos da entidade visitaram o local nesta terça-feira, ficaram satisfeitos com o andamento das obras e detalharam alguns dos espaços do futuro Centro Cultural Vidal Ramos.
Participaram da vistoria o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, Luiz Gustavo Bazzo Assink; o engenheiro da ADR, Aldo Antonio da Silva; o proprietário da Estaca Engenharia, Carlos Lopes; a arquiteta da empresa, Gabriela Viero; e o coordenador de cultura do Sesc em Lages, Rudimar Cifuentes.
Com investimentos de R$ 6,5 milhões do Governo de Santa Catarina, a revitalização do Colégio Rosa é um desejo pessoal do governador Raimundo Colombo e obedece a todos os critérios técnicos de uma restauração, desde os adornos à pintura, que seguem as características originais da inauguração do prédio, há 103 anos, em maio de 1913.


A expectativa é de que os trabalhos sejam concluídos nas próximas semanas e, tão logo isso ocorra, o Colégio Rosa será entregue oficialmente pelo Governo do Estado ao Sesc. A ocupação dos espaços ainda está sendo definida, mas algumas atividades já são certas.
Manifestações artísticas e culturais estarão em todos os cantos do prédio
O novo centro cultural contará com salas de dança, música e teatro, sala para aulas de desenho e pintura, auditório e cinema com capacidade para 50 pessoas, laboratório de cinema com equipamentos e ilha de edição, galeria de artes e biblioteca cultural com referências sobre cinema, música, teatro, dança e literatura. Até o espaço externo será utilizado para atividades diversas.
Já os móveis que serão colocados no prédio estão sendo estudados por arquitetos do Sesc justamente para que fiquem de acordo com as características históricas e arquitetônicas da centenária edificação.
“Teremos aqui em Lages o primeiro centro cultural do Sesc em Santa Catarina, e será um modelo no Brasil”, diz o coordenador de cultura do Sesc em Lages, Rudimar Cifuentes.
“Essa é uma obra de grande presença, em um prédio na região central de Lages, e que chama a atenção pela sua arquitetura. Neste momento estão sendo feitos os acabamentos para que possamos entregar o centro cultural à comunidade”, conclui o secretário da ADR Lages, Luiz Gustavo Bazzo Assink.
Pablo Gomes - Jornalista

Comentários