Postes de concreto começam a ser retirados do Centro de Lages

Uma das cidades mais antigas de Santa Catarina deu nesta quarta-feira, dia 29, um novo passo rumo à modernização. Com 250 anos de história, Lages já recebe os novos postes que farão parte do processo de revitalização do Centro.
Com investimentos de R$ 366 mil do Governo do Estado e R$ 183 mil da Prefeitura, serão retirados os velhos postes de concreto e colocados 85 conjuntos novos em toda extensão da Rua Correia Pinto e transversais, Rua Quintino Bocaiúva e entorno da praça da Catedral Diocesana.

As ruas Coronel Córdova e Nereu Ramos receberão os serviços em um momento posterior, quando forem iniciadas as obras de revitalização. A iluminação ficará a cargo das lâmpadas de led, que proporcionam mais luz e economia.


A assinatura da ordem de serviço foi feita pelo secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, João Alberto Duarte, e pelo prefeito Antonio Ceron, e ocorreu paralelamente ao início dos trabalhos, que devem ser encerrados no fim do primeiro semestre deste ano.
“Sempre desejamos uma Lages mais limpa, moderna e segura. E agora, o nosso governador Raimundo Colombo dará esse presente à cidade antes do fim do seu mandato”, diz o secretário João Alberto Duarte.

Rede subterrânea de energia elétrica já é realidade no Centro de Lages

A troca dos postes no Centro de Lages é resultado de outro grande investimento do Governo do Estado. Com recursos de R$ 8 milhões, incluindo R$ 1,3 milhão para recomposição das calçadas quebradas durante as obras, o cabeamento subterrâneo de energia elétrica compreende um total de sete mil metros em algumas das principais vias da área central, como Aristiliano Ramos, Caetano Vieira da Costa, Coronel Córdova, Correia Pinto, Emiliano Ramos (Via Gastronômica), Marechal Deodoro, Presidente Nereu e Quintino Bocaiúva.


Com as obras concluídas no fim do ano passado, a rede subterrânea diminui a incidência de curtos-circuitos, a queda de árvores nos fios, a poluição visual da cidade e até os acidentes de trânsito com batidas em postes. Além disso, garante maior confiabilidade do sistema de energia elétrica.

Comentários