Nota à imprensa da Polícia Militar: Caso Big

Em relação aos fatos noticiados em redes sociais no último sábado (08 de abril), ocorridos no Supermercado BIG de Lages, envolvendo policial militar, o Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar de Lages vem a público de forma transparente esclarecer:


Trata-se de ocorrência policial iniciada no interior do estabelecimento, onde o policial militar realizava compras com sua família, e durante uma discussão com outras três pessoas, estas, supostamente agrediram o policial e empreenderam fuga, ocasionando os desdobramentos que ainda serão devidamente apurados.

Imperioso esclarecer que a ação resultou na lavratura de Termo Circunstanciado, onde tanto o policial, quanto os envolvidos, foram responsabilizados pela prática de infrações penais de menor potencial ofensivo (ameaça, lesão corporal e rixa), contudo, no momento da ocorrência, de forma a preservar a integridade dos envolvidos, os mesmos foram conduzidos para lavratura do procedimento em local seguro.

Informamos que o 6º Batalhão de Polícia Militar de Lages não coaduna com a prática de ações arbitrárias ou abusivas, sendo que os desdobramentos da ocorrência serão devidamente apurados, entretanto, sem realizar qualquer juízo de valor neste primeiro momento, assegurando às partes a ampla defesa, contraditório e, sobretudo, sua preservação.

#ApoieQuemTeProtege
#6BPMLages

Comentários

Anônimo disse…
Mesmo que apurado a provocação da outra parte. O policial não pode se valer da sua condição. Eis que deveria estar preparado para situações adversas. Por outro prisma o que faz ele armado dentro de um lugar público. Também não fica claro se ele estava fora de serviço fazendo compras ou a trabalho dispensado do fardamento.
Anônimo disse…
achei desnessario o policial sacar de sua arma colando todos qeus estavam ali em perigo