Luciano Hang anuncia oficialmente a chegada da segunda loja da Havan em Lages

No último trimestre a empresa apresentou crescimento de 55%


Um dos negócios comerciais mais expoentes do Brasil, com ascensão considerada rápida e progressiva, a Havan edificará sua segunda unidade em Lages, maior município da Serra Catarinense, ainda em 2018. O anúncio oficializado pelo próprio diretor presidente da rede, Luciano Hang, acompanhado do diretor administrativo, Nilton Hang, em encontro na manhã desta terça-feira (24 de abril) na Fundação Cultural de Lages (FCL). Estiveram presentes o prefeito Antonio Ceron, o vice Juliano Polese, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Marcos Tortelli, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio, Elói Bassin, além de outras autoridades, secretários municipais, vereadores e imprensa. Em seu pronunciamento, Luciano Hang, proferiu palavras de sucesso e de visão mercadológica, a sustentação de seus empreendimentos, além de um conjunto de atributos econômicos e sociais.
A segunda loja da cidade, com sete mil metros quadrados, será construída à margem da BR-282, junto á rótula de acesso ao Lages Garden Shopping. As obras da loja regional com investimentos privados na ordem de R$ 30 milhões devem iniciar logo e ser inaugurada no segundo semestre deste ano. A construção deve durar em torno de 120 dias. Serão gerados diretamente 200 postos de trabalho. Esta será um modelo denominado Parada Havan, ponto de parada estratégico aos moradores de Lages e região, e aos visitantes em deslocamento do Oeste, litoral, Rio Grande do Sul e Argentina. Serão gerados até 200 empregos.
A megaloja térrea será dotada de estrutura moderna, característica de todos os empreendimentos da Havan, área de alimentação, sanitários e amplo estacionamento, funcionando como um centro de turismo, compras, lazer e serviços, com traços arquitetônicos da Casa Branca nos Estados Unidos (EUA) no estilo de fachada e uma réplica gigante da Estátua da Liberdade.
Números
No último trimestre a empresa apresentou crescimento de 55%. Em 2017 a Havan faturou R$ 5 bilhões, sendo que a projeção para este ano é de R$ 7 bilhões e R$ 10 bilhões para 2019. “Eu tenho um carinho muito especial por Lages, cidade com uma boa resposta as nossas campanhas, eventos e ações sociais. Eu sempre participo das festas que nós patrocinamos aqui. Todas as noites vejo o faturamento de todas as 109 lojas e fico feliz com o que noto em Lages. Os números são ótimos e nos estimulam à superação. Estamos em uma época muito boa, bem diferente de 2015, no início da crise econômica”, ressalta Hang, salientando que, “viemos para uma cidade sempre para somar, nunca para dividir. Eu sou muito bom em matemática e reconheço o potencial de Lages que nem mesmo quem vive aqui conhece ainda. Acreditem na cidade de vocês.”
O prefeito Ceron se mostrou grato ao investimento. “Neste momento e que todos aspiramos crescimento. A fórmula é simples: acordar cedo, trabalhar e dormir tarde. Vamos propagar mensagens positivas sobre nossa cidade, cada um fazer a sua parte.”
Hang lembrou que a empresa busca por cidades onde a morosidade da burocracia seja brevemente vencida. “Onde o Poder Público se una a nós em favor de sua gente e de seu desenvolvimento. Outra análise é aumento de impostos, que diminui a capacidade de investimento e eleva o empobrecimento do país. Não podemos desanimar. O concorrente anda para frente e nós não podemos nos acomodar. Lages terá a mais bela loja Havan do Brasil.”  
Juliano Polese enfatiza: “A Havan foi parceira de Lages na 57ª edição dos Jogos Abertos num trabalho social de entrega de cinco mil bolas a alunos em Lages e região, além da Festa Nacional do Pinhão. O Luciano é como a prefeitura, olha para frente sem esquecer do passado. É exemplo de estilo de vida e negócios.”
A atual unidade, situada na Rua Correia Pinto, Centro, inaugurada em 2008, ocupa o 10º lugar em faturamento entre as 109 lojas espalhadas pelo Brasil. Em 2017 se chegou ao marco de 100 megalojas Havan no Brasil, a 100ª filial foi inaugurada em Rio Branco, capital do Acre. Cada colaborador da Havan em Lages recebe de R$ 6 a R$ 7 mil por ano a mais, segundo Hang. “É um contrato para que se cresça cada vez mais e, sobretudo, sermos uma empresa cada vez mais amada.”
Relatos de autoridades
Secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mario Hoeller de Souza: “Este é um grande presente para a nossa cidade. Nós lageanos somos sócios das coisas que nos fazem bem. Assim é com a Havan”.
Marcos Tortelli (CDL): “Precisamos de mais empresários igual ao Luciano, que acreditam no desenvolvimento do município. Temos de ver algo a mais nos momentos de dificuldade. A CDL agradece por mais este investimento.”
Elói Bassin (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio): “Quando a Havan se instalou em Lages, firmamos um dos melhores acordos de Santa Catarina. É um compromisso feito há dez anos com bom salário e distribuição de lucros no final do ano aos colaboradores.”






Comentários